Letras de Músicas da Hora

Maldição

Cazuza

 

Maldição

Malditos os homens
Maldita a vida
Maldita a tua cara me olhando tão burra.

Uma maldição desabou sobre mim
Ninguém entende o que eu falo
Ninguém quer saber o que eu sinto.

Tem pena de mim, rezem missas
Apelem pra religiões mas a minha vida é vida sagrada
Pira dos deuses, sacanagem grega
Vão tomar vergonha na cara
A minha vida é uma viagem.

Fizeram macumba pra mim
Disso eu tenho certeza mas eu sou muito amado
Pelo povo brasileiro
Desabou uma maldição sobre mim
Veio das trevas da maldade do homem
Eu tenho a dignidade das feras
E aceito ter nascido marcado.

Anterior Próximo